Falar bem da boca pra fora não vale!

Falar bem da boca pra fora não vale!

Tanto nos meus textos, como nos vídeos que posto nas redes sociais, tenho falado sobre o poder da comunicação eficaz. Como Coach em Oratória e Comunicação Eficiente eu ensino sim algumas regras que ajudam o emissor da mensagem a se sentir mais confiante, ser mais dinâmico, desenvolver a postura de liderança e falar de forma agradável, cativante e convincente. Mas nenhuma técnica é eficaz quando se tenta ser o que não é.

A comunicação eficiente aparece com facilidade para aqueles que se esforçam em entender suas emoções, pensamentos e como tudo isso reflete em suas ações. Nessas situações o meu trabalho como Life Coaching (coaching de vida) entra em cena.

A comunicação nos liga às outras pessoas, nos conecta. É através dela que nos relacionamos, trocamos informações e nos transformamos.

Quando nos comunicamos estamos dizendo ao outro, seja pela comunicação verbal ou não verbal, quais as nossas crenças, nossa cultura, nossos valores e nosso nível de conhecimento. Por isso, diz-se que relacionar-se é uma arte. A arte de conviver com as diferenças.

A autoanálise como prática diária, é uma ótima ferramenta para trabalhar o autoconhecimento e com isso melhorar a comunicação interna e externa. Intra e interpessoal. Como me comportei hoje? Por que agi dessa forma? Como deveria ter agido? O que posso fazer para melhorar essa atitude? A comunicação intrapessoal, ou seja, a maneira que você conversa internamente consigo, os pensamentos, desejos, sentimentos e as reações emocionais, tem tudo a ver com a sua percepção do mundo; com o diálogo que você tem com as pessoas. É preciso observar e prestar atenção se os pensamentos negativos são comuns na sua rotina, porque pensamento cria vida, comportamentos se tornam negativos a partir desse péssimo hábito. Se não houver uma boa gestão nos conflitos internos, o que esperar da minha comunicação mundo a fora? Como irei resolver problemas de convivência se não consigo trabalhar internamente essas demandas? O outro é reflexo de nós mesmos. Se você resolve consigo determinada situação, você estará apto a superar esse conflito externamente.

 

 

Para conviver bem com as pessoas primeiro trabalhe a comunicação interna. Se trate bem, se perdoe, não seja severo e crítico demais quando cometer uma falha. Procure aprender com o erro, transformar a lição em uma experiência que lhe trará novas oportunidades, perceba que o outro é tão falível quanto você. Tenha empatia! Fortaleça em você e no outro o que há de melhor. Quantas coisas boas fazemos diariamente, não é mesmo?

Sorrir, ter bom humor, ser bom ouvinte e estar atento às necessidades dos outros passa uma boa impressão. A pessoa carismática gera confiança. O sujeito “gente boa” dificilmente fica na mão. Em relacionamentos saudáveis, há reciprocidade.

O bem viver começa quando não há guerra entre a luz e a sombra presentes em cada um de nós. O autoconhecimento nos transforma. Se você muda, tudo muda.

Já dizia o filósofo Sócrates: “Conheça-te a ti mesmo”.

A boa comunicação começa dentro de casa. A primeira casa é o seu EU.

Grande abraço!

Fechar Menu

Olá! Clique aqui e fale com a Dani Amorim

Estou no WhatsApp