Qual o seu estilo de comunicação?

Qual o seu estilo de comunicação?

Tenho falado nos  vídeos no meu canal no youtube e em minhas palestras sobre um tema muito propício nesses tempos de intolerância. A Comunicação Assertiva. Mas, o que é ser um comunicador assertivo?

Primeiro vamos falar da origem da palavra assertividade. Assertivo vem do latim Assertus que significa “declarar”. No dicionário o significado de assertivo é:

1.que faz uma asserção; afirmativo.

2.linguagem  em que o locutor declara algo, positivo ou negativo, do qual assume inteiramente a validade; declarativo.

Ser assertivo é ser respeitoso. Ser respeitoso consigo mesmo (emissor), com o outro (receptor) e com o canal de comunicação.

Se estamos num diálogo, devemos saber a hora certa para falar, o momento oportuno para interromper, saber ouvir com atenção e discordar com argumentos coerentes e com delicadeza nas palavras e gestos.

A comunicação com estilo assertivo é considerada a forma desejada e respeitosa de se comunicar.

No mercado de trabalho quem desenvolve essas características tem muito mais oportunidades dentro de um sistema organizacional. Pessoas assertivas se vestem de maneira elegante, falam de forma clara, objetiva, sabem conviver bem em grupo e conquistam a admiração dos colegas por sua empatia, por reconhecerem quando erram e por estarem atentos às necessidades da empresa. São pessoas que vão direto ao ponto, sem rodeios, sem bajulação, mas que sabem convencer com argumentos lógicos, respeitando inclusive, o tempo das pessoas. Ninguém quer perder tempo, não é mesmo?

Então, se sua comunicação não é assertiva, onde você se enquadra?

São três os estilos de comunicação considerados NÃO-DESEJÁVEIS.

 ESTILO AGRESSIVO

Comunicação ríspida, mal educada, com gestos agressivos. Pessoas que se comunicam assim, tendem a não respeitar a fala do outro, não aceitam opiniões contrárias, acham que estão sempre com a razão e demonstram insatisfação com o que não corresponde às suas expectativas.

 ESTILO PASSIVO

  Tende a fazer parte do estilo de uma pessoa exageradamente tímida, que  não reclama de nada e que adere ao “tanto faz”. Sabe o sujeito nem quente, nem frio? O morno? É ele! O problema do comunicador passivo não é ele não se manifestar. A questão é que ele tem o que oferecer, pode acrescentar e até resolver um problema de trabalho, na família, e não o faz. Se for um chefe ou líder, o resultados das reuniões ou o desempenho da equipe é sempre abaixo do esperado, porque ele prefere não abordar temas polêmicos. Ele próprio não se respeita por não dar importância ao papel que deveria desempenhar. Não exerce autoridade e não leva a sua equipe a uma melhor performance.

 ESTILO PASSIVO-AGRESSIVO

Esse é o crítico, negativo, vive a beira da manipulação. É o estilo de comunicação que quer destruir o diálogo ou o canal de comunicação. Faz brincadeiras impróprias, se distrai com qualquer outra coisa durante a conversa; rói a unha, olha a ponta do cabelo, mexe no celular, procura algo na bolsa, na carteira, desenha na folha… Normalmente é o comunicador que não concorda com o rumo da conversa, mas não traz solução e tem o hábito de confabular pelas costas. É aí onde ele exerce o poder da manipulação.

Eu quis escrever esse texto para que possamos identificar essas características em nossa comunicação. Muitas vezes, nós passamos por esses três estilos NÃO-DESEJÁVEIS  num único dia. O ideal é que possamos perceber e que aceitemos mudar, sermos comunicadores mais positivos, mais verdadeiros, ou seja, ASSERTIVOS. 

Se cada um olhar para si, fica mais simples encontrar soluções para o bom relacionamento humano. Relacionar-se é uma arte.

A boa notícia, é que a assertividade pode ser conquistada. Tenha em mente que todo indivíduo tem qualidades, quer ser reconhecido, e muitas vezes, basta quem está no comando assumir uma posição de incentivador e também de educador. O líder também educa. Existem ferramentas que podem ajudar a sermos pessoas mais criativas, com inteligência emocional, proativas e eficazes.

Se precisar de ajuda, estou à disposição!

 

 

 

Fechar Menu

Olá! Clique aqui e fale com a Dani Amorim

Estou no WhatsApp